Posts Tagged 'Ponto de Vista'

Tudo sobre meu pseudo-feriado

E então que eu finalmente me mudei. Sábado, pra ser mais exata. Mudança, caminhão, sujeira e aquela coisa toooooda que envolve a mudança. Pra quem nunca mudou, saiba que a mudança começa no momento em que decide sair de onde está. Os motivos são vários, únicos ou nenhum: preço do aluguel, distância do trabalho, tamanho do apartamento, condomínio, bairro, enfim. A questão é que os motivos que te fazem sair de um lugar são exatamente o oposto do lugar pra onde você tá querendo ir, se achar. Exemplo: o bairro que você está é perigoso mas o aluguel, mesmo sendo baixo, não vale sua segurança. Então você quer um bairro seguro com um preço razoável. Ou se seu apartamento é pequeno de mais e fica longe do trabalho: você quer um maior, mais perto de onde você trabalha. Saiba: NUNCA é um motivo só, e mudar NUNCA envolve apenas achar outro lugar. Quer um exemplo? Vamos lá:

Passo 1: a procura 

Suponhamos que você more num bairro ok, perto do trabalho, num apartamento ok, mas além do seu bolso. O que você precisa? De um apartamento mais barato, certo? Errado. Você precisa de um apartamento mais barato, tão digno quanto e tão perto do seu trabalho quanto o atual. Por quê? Porque pra ir pra um buraco lá nos canfundós do Judas, só pelo preço, não te compensa o transporte extra diário pro trabalho e nem sua qualidade de vida. Logo, a tarefa básica de “achar uma coisa mais barata” fica mais complicada.

Ouvi várias vezes pessoas dizendo: “ai, como teu aluguel é caro. Ai, como você é exagerada, muda de lá, sai de lá, acha outra coisa, olha o tamanho desta cidade, certeza que tem algum lugar!”. Daí quando as pessoas acompanharam minha busca por um apartamento, viram como é mais complicado que um certeza que você acha. Eu achei, sim, coisas bem mais baratas. Quase metade do valor. Sim. Lá no Jabaquara, ou lá no centro da cidade. E de que me adianta se vou triplicar o consumo de combustível?

São muitas as contas pra se fazer, e é muitíssimo demorado encontrar um lugar decente, barato, num bairro legal.

Passo 2: a burocracia

Depois de acordar cedo dias e dias seguidos pra visitar apartamentos antes do horário do seu expediente, você encontra um. Amor à primeira vista. Vai e diz: é meu!

Pensa que acabou por aí? Não senhor! Agora você tem que correr na imobiliária de onde você está ainda, dar andamento a uma rescisão de contrato de aluguel (normalmente são 30 meses, com 12 mínimos sem multa), pagar tudo o que deve pro proprietário de onde você está hoje (eles normalmente se mostram uns cretinos filhos-da-puta nestes casos). Negociar os dias em que ainda está por lá e tudo o mais. Nesse meio-tempo, você precisa se certificar de sua situação nos órgãos públicos e ir atrás de todos os documentos do universo pra dar entrada nos papéis de locação do novo imóvel e do muito provável seguro-fiança que agora virou moda fazer: RG, CPF, extratos bancários, extratos dentários, comprovantes de residência, nome da mãe, do pai, do filho, do espírito santo; todos os bens que você tem no seu nome e tudo que o banco sabe que você faz na vida.

Aliás, falando em seguro-fiança: que porra é essa, amigo? Não sei se vocês sabiam, mas atualmente em São Paulo não basta você ter um pai, tio ou amigo que tenha um imóvel quitado com um valor mínimo de meio bilhão de reais e resida ao lado da casa do proprietário do apartamento. Não senhor. Agora é moda fazer seguro-fiança. O que é o seguro-fiança? Oras, nada mais é que extorção simples e pura de dinheiro! 😀 Se depois de todos os milhares de papéis e uma singela taxa de R$35 a Porto-Seguros acreditar que você não é um caloteiro filho da puta, eles vão te fazer pagar um valor de 2 aluguéis inteiros, em 4x. Isso assegura o dono do apartamento que se você der o calote, ele vai receber. Mas não pense que esse dinheiro você verá de novo, amigo. Pois caso você dê mesmo o calote, você tem que reembolsar a Porto Seguros. E caso não dê, perdeu igual. É basicamente um esquema em que você paga pra provar que vai pagar. PALHAÇADA.

Passo 3: encaixotando

Então tá. Você procurou, achou, deu a bunda e conseguiu alugar o apartamento. Tá com os papéis na mão. Acabou? NÃO! Agora vem a parte peão da história: encaixotar.

Isso mesmo amigo. Se você não é filho do Edir Macedo, vai ter que botar tua casa dentro de caixas com as próprias mãos. Pratos, copos, vasos, livros, roupas, sapatos, post-its, canetas, pilhas, contas velhas, pacotes de miojo, meia lata de ervilhas, um pé de chinelo velho, meias sem par, calcinhas e cuecas furadas… TUDO DENTRO DE CAIXAS E MALAS. Afinal você precisa entregar o apartamento completamente vazio. Uma dica: leve embora tudo que der. Que você tenha comprado, claro. Lâmpadas, suportes, porta-toalhas. TUDO. Não deixe nada que o filho da puta do locatário possa usufruir. Se é seu: LEVE EMBORA.

É nessa hora que você nota como tem coisas. Parece que as coisas tem filhotes enquanto você vai abrindo gavetas e armários pra guardar tudo, é uma coisa impressionante! E com as coisas velhas / novas que você vai redescobrindo no mundo mágico pra onde vão as canetas BIC TODAS que você tinha perdido, vai achando poeira, sujeira… vai vendo que a empregada NUNCA arrastou a geladeira, e coisas do tipo.

Passo 4: mudando

Aqui é rápido: tenha certeza que seu apartamento novo tem energia. Não mude antes de verificar ou você corre o risco de ficar sem luz por 2 dias. A Filha da Puta Eletropaulo me deu 2 dias úteis pra ligar a luz do meu. Sexta e Segunda. Sexta eles não foram… mudei no sábado e a luz chegou só segunda. Sim. 2 dias dormindo no chão duro do apto velho pq o corretor foi muito bacana comigo. 

Contrate um tio que faz mudanças. Sério. Se você mora num apartamento de menos de 60m² R$300 é mais que suficiente pra se gastar com isso – FUJA DE COMPANHIAS CHIQUES DE MUDANÇA.

Passo 5: desencaixotando

Aqui é quando você já está no apartamento novo… e precisa de um copo. Onde ele está?

_

Enfim, meu pseudo (trabalhei segunda, clap clap) feriado foi basicamente os passos finais da fase 3, toda a fase 4 e o início da fase 5 da mudança. Ainda tô com 45% das minhas coisas dentro de caixas, mas pelo menos já tenho energia elétrica e chuveiro, que o namorado instalou.

No mais, comi feito uma porca e assisti 4 filmes no cinema. Só carregou a imagem de Divã, que na verdade foi o melhor. 

Divã

 

 

 

 

 

 

 

 

 

S-E-N-S-A-C-I-O-N-A-L.

No mais: pizza, mexicano, churrasco, pizza, mineiro, pizza, sushi e pizza.

Beijotôsemtelefone

Anúncios

Decepção define.

O Big Bosta Brother acabou ontem, e não poderia deixar de demonstrar aqui minha D-E-C-E-P-Ç-Ã-O com relação a isso. Porque vamos combinar: ou o povo Brasileiro é MUITO BURRO E ESCROTO ou a Globo manipula descaradamente os votos.

Como a segunda opção é uma coisa que, a princípio, descarta-se, vamos então ter a desculpa pra meter o pau no povão, né? Vamos lá:

Vamos analisar os dois grandes finalistas dessa edição do BBB. 

Max.

Magrelo, emotivo, chorão, orgulhoso, finge ser amigo de todos e estampa isso na cara. Todo cheio de tatuagens emo/indie, pacificador, com gritos de guerra idiotas que me fazem ter vergonha alheia. Tem pitis quando ganha um paredão no estilo: “AHHHHHHHHHHHHHHHH OBRIGADO CRISTOOOOOOOOOOOOOOOOO”, que me dão EN-GU-LHO. Ou seja: um típico queridinho dos brasileiros né galeram. Eu vejo tias gordas e gente idiota achando o má-xi-mo o que ele faz, e pensando que as tatuagens MAXIMIZE-SE e MINIMIZE-SE são super hiper mega monster CRIATIVAS e SUBJETIVAS e METAFÓRICAS. Eu tinha um amigo no colegial que era uma toupeira, tadinho. Mas era do estilo galã. E como era mais velho, dava uma de galã culto e sábio que dava dicas sobre a vida e suas armadilhas. Detalhe que ele tinha tipos 18 anos e a galera tinha 17. Sábio que ele era. Mas enfim, todo mundo pagava um pau absurdo pra ele, como se as poesias que ele fazia (juro) e as frases e pensamentos que ele repetia depois de ler tipo na Capricho fosse uma coisa linda de Deus. Eu tinha uma certa vergonha alheia na época. Era um cara bacana, mas ele era inteiro falso e copiado de várias referências e todo mundo achava a coisa mais gracinha da Hebe. As professoras achavam ele uma graça, pois mesmo sendo uma toupeira ele fingia que estudava e fazia umas perguntas bem cretinas fingindo interesse. Mas ele era tão gracinha… tão românticozinho, tão com frases e citações de pensadores que ele lia na Capricho, tão… MAX.

Tia Gorda 

Minimize-se

 

 

 

 

 

 

 

 

Priscila.

Glamurosaaaaaaaaaaaa, rainha do funk! Poderosaaaaaaaaaaa, olhar de diamante! 

Priscila é absoluta. Ela é gostosa, é poderosa, tem um cabelo de dar inveja em qualquer modelo do Garnier Fructis. É sarada, é safada. Prianha tem piercing genital e rebola. Mas não é só um rostinho bonito não, galere. Pri é inteligente, é amiga, é contida. Ela foi pro paredão várias vezes e a família dela não foi torcer, provavelmente por não dar o menor apoio pra alguém assim, que incomoda. Típica ovelha negra. Mas como disse o Bial e seu momento pseudo piscologo, as pessoas quebraram a cara com ela ao longo do programa. No início todo mundo tinha o que falar mal. Puta, vaca, oferecida, biscatão… só que ela se mostrou forte, uma pessoa de um coração imenso que não se metia com ninguém. Roubou a cena to-tal! Ou seja… típica pessoa ODIADA pelo povo brasileiro (ou por 0.24% a mais que as antas que gostam do Minimize-se). Ela é de dar inveja nesse monte de monte que assiste ao programa. Taí uma gostosuda que nasceu pobre e deu certo (piada pronta) na vida. Gostosudas merecem MORRER, e não ficar MILIONÁRIAS, néam. Vamos dar a grana pro gracinha da Hebe! Ela é puta, posa pra Playboy.

Véia cuzonaPRIde

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Ah, vai tomar no olho do cu todo mundo. Priscila merece o milhão! Priscila PRIDE!! 0.24% de diferença é empate aqui na minha terra!

Pri, leiloa o corpitcho e faz teu milhão, gata. Deixa o minimizado enfiar o milhão dele onde ele quiser, tá? Ele pode ter fãs, mas mulher com FÍSICO melhor que o teu só essa aí de baixo.

Mulher com melhor físico do mundo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Beijomeliga.

Calma…

… respira. Relaxa… Enfia a cabeça dentro da fronha do travesseiro, manda TOMAR BEM NO OLHO DO CU, CARALHO, PUTA QUE O PARIU, QUE ODIO e sossega.

Ja diria a sua avozinha que ate a uva passa.

Como manter o bom humor

Hoje eu acordei decidida a mudar meu comportamento. Por muitos motivos, se te interessa saber. Mas né,  quando sua própria terapeuta te diz que você tá carregada de energias negativas assim que você chega, e diz que seu namorado deveria ganhar o prêmio do “Saco de Ouro” depois de você contar de alguma briga (que tinha certeza estar com a razão), acho que é por que chegou o momento de dar uma chacoalhada.

Daí eu, rainha do Mau Humor, resolvi procurar no Google técnicas e dicas para manter o bom humor. Daí, eu leio as técnicas e me dá um mau humor MAIOR ainda. Veja bem. Abaixo, as dicas. Em vermelho, meus comentários:

  • Inicie o dia bebendo água e tomando banho. Fazer pelo menos 20 minutos de alguma ginástica pela manhã. Se possível, acordar e dormir cedo. – É, pois eu trabalho o dia inteiro e tenho que chegar em casa e IR DORMIR CEDO, ao invés de buscar algo que me dê algum prazer, tipo me estatelar no sofá e assistir DVDs. E, claro, acordar mais cedo do que já acordo pra fazer ginástica e tomar banho vai melhorar meu humor. Ha-ha.
  • Procure, pelo menos uma vez por semana, espaços abertos, em campo, montanhas ou praias. Se possível, abrace uma árvore, pois por mais estranho que pareça, ao abraçar uma árvore você está entrando em contato com a madeira e a terra, drenando suas tensões e recarregando suas energias. – Aham. Super fácil ir pro campo, montanha ou praia 1x por semana. Aliás, por que será que eu não estou lá agora, mesmo? E abraçar uma árvore? Sem comentários.
  • Cultive sentimentos nobres como generosidade e solidariedade, pois clareiam a nossa aura e minimizam o feio de nossos erros. – Alguém tem solidariedade por mim? Ahn? Hein? Ah, é. Esses dias meu sapato preferido (que já está laceado de tanto usar) saiu tantas vezes do meu pé da porta da empresa até a esquina que uma estranha que caminhava perto de mim me ofereceu um band-aid. Obrigada, Deus. Vou ser solidária assim também.
  • Expanda horizontes preocupando-se apenas em ser fiel a si mesmo e maleável a diversos gostos. – É, por que eu sou infiel a mim mesma, né. E tenho aquela-mesma-opinião-formada-sobre-tudo. Bite me, médico fã de Raul Seixas de merda.
  • Trabalhe com prazer. – Sem comentários aqui.
  • Faça amigos. – Já tenho amigos. Poucos e excelentes.
  • Caminhe e tome banho de mar, rio, piscina ou chuveiro após algum aborrecimento. A água limpa, leva e lava. – É. Vou ali dar uma volta na praia / cachoeira / banheiro de casa toda vez que fico puta com alguma coisa no trânsito ou no trabalho. 🙂

 

Fonte: Retirado de João Curvo. A arte de se cuidar

Fala sério. Prefiro fazer minhas próprias dicas de como manter o bom humor. E tenho CERTEZA que, se funciona pra mim, funciona pra muita gente. Ou vocês aí curtem fazer ginástica 5h da manhã e sair abraçando árvores? Né. Então vamos lá para as

Dicas da Muriel de Como Manter o Bom Humor!!!

1 ) Durma bastante. Um ser humano com sono, é um ser humano que não trabalha com toda a sua capacidade. Durma muito, durma mesmo! Se der pra dar uma atrasadinha no trabalho – dê! Dormir é uma dádiva de Deus. Acorde e vá tirar um cochilo!

2 ) Coma coisas gostosas. Ok, não precisa exagerar e se empanturrar de comida gorda e doces 4x por dia, pois desta forma você vai virar uma chupeta de baleia e ao invés de ativar seu bom humor, você vai virar um monstro neandertal comedor de pessoas felizes. Sério. Experiência própria. Mas, dar uma bitoca num Cornetto de vez em quando, escapulir e se presentear com um x Salada em plena quarta-feira ou coisas do tipo fazem um ser vivo muito mais feliz!

3 ) Faça sexo. É, galera. Aposto que todo mundo aqui ou já falou ou já ouviu alguém dizer: “Nossa, aquela mulher é uma cobra. Mal comida do caralho!”. Gentem. Vamos combinar, né, que de mal comidas este mundo já está cheio! Vamos entrar pro time das bem comidas, tá? Sexo é um dos melhores antidepressivos ever!

4 ) Dê risada. Não tem nada engraçado por perto? Faça ter! Dê um susto no gato, brinque com seu cachorro retardado, tire sarro de alguém! Assista alguns seriados bons (Friends, 2 and a Half Man, Big Bang Theory, Scrubs e The New Adventures of the Old Christine são ótimos exemplos) por algumas horas. Peça pro seu pai uma fita cassete do Ary Toledo – aposto que ele tem uma.  Esconda a carteira de algum colega e veja seu desespero, ou entre no Orkut em alguma comunidade onde as pessoas contem micos que pagaram. Em último caso acesse o Youtube e digite na busca coisas do tipo “people falling down” ou “funny animals”. Ou ainda acesse os sites que falei no post abaixo. O importante é rir. Rir até chorar!

5 ) Não se preocupe com grana. E se você não é rico a ponto de não se preocupar com grana, pule este tópico e vá para o número 6.

6 ) Ligue o foda-se. Tá sem grana? Tá gorda? Tá feia? O namorado arranjou uma mais gorda, mais feia e mais pobre? O emprego tá uma bosta? FODA-SE. Viva como se nada estivesse acontecendo. Não fique pensando nos problemas o tempo inteiro, finja que eles nem existem. Trabalhe como se o seu emprego não fosse uma bosta, e pelas costas do cuzão do chefe, fale mal dele! Não pense na grana que você não tem ou no que tem que pagar, apenas pare de gastar com bobagens e com o que sobrar você se acerta! Não fique se achando uma bola inflável de banha, páre de comer bosta! Tá feia? Passa uma maquiagem! E se nada disso adiantar, coma um monte de chocolate vendo ou lendo coisas que te façam rir. FODA-SE. Ninguém paga tuas contas, mesmo. Ou aquela sua conhecida cretina, magra, linda e rica tem alguma coisa a ver com suas celulites de pobre? Hein? Tem? Não tem.

7 ) Ouça música. Experiência própria: quando você está muito fodido da cara com algum motivo, ouvir aquela música que você gosta faz milagres. Vale tudo: axé, forró, pagode, eletrônica, sertanejo, MPB, jazz, blues, hip hop, hap, heavy metal… É. Heavy Metal. Esses dias eu estava indo buscar meu carro no estacionamento, e tinha um cara dentro de um carro, encostado no banco de olhos fechados, ouvindo heavy metal no talo, e relaxando. Sério. Ogros mitológicos urrando como se estivessem sendo castrados com uma faquinha de serra acalmam pessoas. Então foda-se o que você gosta de ouvir: ouça. 

8 ) Fofoque. Existe coisa mais gostosa que sentar num boteco com um amigo, abrir uma cerveja gelada e escutar aquele bafão? Ou sair pra almoçar com alguém e ficar sabendo que aquela cuzona foi chifrada por aquele escroto, e que é muito bem-feito pra ela e pra ele, pois a amante é uma safada sem vergonha que está afundada até o rabo no bafão que você soube no boteco? Não tem. Falar mal da vida alheia é quase tão calmante quanto dar risada. Aliás, acho que uma coisa está fortemente ligada à outra, não sei por quê…

9 ) Não sinta dor. Ninguém no mundo nasceu pra sentir dor. Se você está com dor, e porque alguma coisa não está certa. Amigos, nada como manter sempre a mão uma dipirona, um paracetamol e um complexo digestivo. Acreditem. Uma neosaldina faz milagres a um ser mau humorado.

10 ) Fale o que pensa. Engolir sapos é uma atrocidade cometida contra você mesmo. Se o sapo for uma pequena rã africana, sem veneno e que só vai te dar alguns soluços, recomendo que faça este esforço. Afinal, às vezes uma rã pode te demitir, cortar sua mesada ou até mesmo te mandar tomar bem no meio do cu na frente de todo mundo. Mas se for um sapo daqueles bonitos, grandes e saudáveis, que inflam cada vez mais e simplesmente não vão descer pela sua goela, nem à força, não force. Vire para o escroto dono do sapo e mande ele tomar bem no meio do cu dele, na frente de todo mundo. Foda-se se for seu chefe. Ou você quer trabalhar pra alguém que te humilha?

Eu poderia sair falando e numerando mais bilhões de técnicas, mas como eu mesma raramente as cumpro, acho que 10 já está de bom tamanho.

Tente por em prática pelo menos uns 3 destes tópicos. O efeito é imediato. 😉

Vida de Merda

O cheque

Terça-feira eu fui acessar o site do banco e percebi que tinham descontado um cheque no valor de R$635 da minha conta. Assustada, chequei e vi que o cheque era um que passei para o estacionamento na semana passada, no valor de R$100. Surtei. Liguei para o banco, para o estacionamento, para o meu pai, para o papa e para o Obama, desesperada e querendo que algué desse conta disso ou eu ia descer das tamanca e fazer neguinho chamar Jesus de meu Lôro e Urubu de Genésio. Daí o dono do estacionamento me contou que o escritório deles foi assaltado na semana passada, meu cheque junto. Explicado o cheque. Daí ficou a dúvida: como é que o banco (HSBC) onde depositaram não viu que era fraude? Enfim. Minha gerente me ligou, abriu B.O., investigaram. Ontem o dinheiro me foi reembolsado sem custos (ufa). Fim da parte 1.

A ida

Hoje tive um compromisso lá do outro lado da cidade. 5h50 de pé. Trânsito, trânsito, trânsito. Para variar o Google Maps me sacaneou BONITO, me mandando fazer um caminho INEXISTENTE. Me mandou entrar numa rua que ficava “embaixo” da ponte que ele me mandou subir. Bacana, né? 7h30 da manhã e a anta parada num posto de gasolina, suando, com 25min pra hora marcada. É de foder. Fim da parte 2.

A volta

Trânsito ferrado e parado. 23 de Maio completamente congestionada às 10h15 da manhã. Motoqueiros passando a cada 3 segundos buzinando e sem deixar que ninguém mude de faixa. Depois de 5 horas dando seta, fui mudar de faixa e uma ANTA de duas rodas motorizada saiu de trás de um carro e me fechou, me fazendo voltar pra minha faixa. Ainda me olhou feio com uma expressão de “tsc tsc”. Eu juro por Deus que se tivesse uma arma no porta-luvas do carro eu tinha atirado. Juro mesmo. Vai ver é por causa de gente descontrolada feito eu que teve aquela campanha para o Desarmamento (a qual fui contra).

Tá bom assim pra você ou meu psiquiatra pode explicar melhor?

Ah! Pra quem concorda que minha vida é uma merda, acessa esse site. Aposto que você vai mudar de idéia.

 

Bush says Fuck You! :D

Bush says Fuck You! 😀

Dando uma de Perez Hilton

Ontem assisti ao episódio de FRIENDS que tem participação especial do Brad Pitt. The One With The Rumor – 8ª temporada. No episódio o Will, personagem do Brad, vai passar o dia de Ação de Graças na casa da Mônica e do Chandler. Ele era muito gordo no colegial (a Mônica era a “amiga magra” dele), e era amigo do Ross. Porém ele ODIAVA a Rachel, e a história é sobre o I Hate Rachel Club, e como eles espalharam a fofoca de que ela era hermafrodita. HILÁRIO o episódio, e mesmo sabendo que Brad e Jennifer eram marido e mulher na época, e conseguir perceber os olhares e risadas que eles davam por conta da história, quem ganha a cena é a Phoebe. O Will emagreceu 70kg, e está muito gato. A melhor cena é quando ele diz:

– You know what?

Phoebe:

– Come on, Will. Take off your shirt and tell us!

TOW The Rumor

HAHAHAAHAHAHHA! Muito bom! Um dos melhores episódios da 8ª, e me deu uma baita peninha do casal ter se separado um tempo depois. Brad Pitt e Jennifer Aniston eram lindos juntos, combinava. Os dois loirinhos, bonitinhos, casal in love. Eu curto a Angelina Jolie, mas a Jennifer é minha atriz favorita de todos os tempos, e fiquei meio puta do Brad ter colocado chifres nela. No fim talvez tenha sido pra melhor, né? I mean, dá uma olhada nos FILHOS deles dois:

Jollie-Pitt

Além do mais, agora a Jennifer tá namorando ninguém menos que o John Mayer. Lindo, fofo, querido, e QUE BOCA!  Angelina, você não é a única bocuda, ok? Ah, e também não tem a chance de ver isso ao vivo:

By The way, o Brad canta?

Bullet Points

  • E então que o ano começou há 28 dias e um milhão de coisas já aconteceram. Coisas boas, coisas maravilhosas, coisas ruins. Já chorei de tristeza e de alegria, de ódio e de idiota, mesmo.
  • Falando em idiota, várias notas mentais estão sendo coladas com post-it no meu cérebro pra que não sejam esquecidas. Umas coisas meio 10 mandamentos, tipo: Não roubarás, Não mentirás (existe isso?), Não emprestarás DVDs. 
  • Fora isso, tem o carro novo que o tio do estacionamento já fez o favor de riscar, tem a expectativa do marido vir morar pra cá, tem a gata adotada hóspede honorária, tem livro sendo lido, propósitos sendo seguidos e amigos sendo reencontrados. Coisas que estavam escondidinhas lá no fundo estão à flor da pele de novo, dando uma sensação simplesmente incomparável a tudo. Delícia!
  •  Preciso emagrecer. Isso não é nenhuma novidade, mas eu preciso emagrecer. Segundo a nutricionista, 8kg. OITO. E tipo, logo. Só que isso tudo tem a ver com levantar a bunda do sofá e comer menos errado. Tipo, ao invés de assistri Grey’s Anatomy das 19h-20h tomando sopa congelada, eu deveria andar na esteira e depois comer algum tipo de complexo vitamínico light. Blé define.
  •  Eu tô assistindo BBB. Mas tipo, não tô exatamente assistindo, do tipo, pára tudo que hoje tem Big Brother. Eu só assisto quando tem escolha do líder, indicação do líder e paredão, o que me dá 4 dias da semana sem BBB. Já é alguma coisa, certo?
  • Perdi o último capítulo da novela. Sério, eu perdi. E nem foi sem querer. (oO)
  • Tenho ido dormir cedo e sentido menos sono durante o dia. Bom, né?
  • Tô sem grana. Tá, você vai falar: Muris tá sempre reclamando disso. Mas eu tô mesmo sem grana. Blé define. [2]
  • Hoje eu acordei muito mau humorada (não mais que ontem), e um post em um site me animou muito. 
  • Quero o Mario Kart e o Mario Paper, pro Wii. Joguei na casa da Ló e tiops, preciso, meu amor.
  • Desde sempre, eu disse que se eu tivesse um filho menino, ia chamar Gabriel. Desde sempre que eu digo é, tipo, desde que eu tinha uns 12 ou 13 anos de idade. Levando em conta que eu tenho 22 anos, acho que metade da minha vida curta dizendo uma mesma coisa pode ser considerado como “desde sempre”, né? Então. Mas ontem eu decidi que vai ser Miguel. Rá.
  • Amanhã eu vou gastar muitas dezenas de dinheiros num corte de cabelo, num salão bacana. Se ficar ruim eu juro que pego a tesoura e furo os olhos da cabeleireira. =)
  • Acabou o assunto.

Muris in the air

Acho que posso considerar este blog como uma espécie de sanatório particular. Psicanálise digital. Do tipo: eu reclamo, você lê. =o)

Contando e rodando!

  • 33,690 caídas de para-quedas por aqui...

Twitter

Erro: Assegure-se de que a conta Twitter é pública.

Submarino.com.br

Patrocinado

CDs - Submarino.com.br
setembro 2017
S T Q Q S S D
« mar    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
252627282930  

%d blogueiros gostam disto: