Archive for the 'preguiça' Category

Virtual (mente)

“Pra ir pro paraíso, tudo que eu preciso?
De outra realidade pra anestesiar.”

Ctrl + Tab

Faz mais de um mês que postei aqui da última vez. O que ocorre, como eu já devo ter dito antes, é que o Twitter torna muito fácil e prático o ato de falar o que tá te enchendo – ou não – a cabeça, na hora, pra quem quiser ver. Então postar no blog fica um pouco sem sentido, a não ser que você tenha um blog fodão com milhões de impressões mensais, vídeos e tiras e gifs e coisas interessantes que uma porrada de gente (TIPO EU) frequenta diariamente pra se divertir. Quer dizer.

Mas tem vezes que tô com tanta vontade de falar, e o Twitter poda tanto com a porra dos 140 caracteres que só o Blog salva. Aliás, isso é uma das coisas que me irritam.

Me irrita pra caralho falar uma coisa em 2 ou 3 etapas no Twitter e ver que enquanto eu postava a segunda parte uma galera atualizou e o que era pra ser contínuo é cortado por assuntos de outras pessoas. Tipo:

mucoelho: Cara, hoje eu tava voltando do almoço e vi um cachorro que andava nas duas pernas! Achei o máximo e falei pro…

vuvuzela: PÓÓÓÓÓÓÓÓÓÓ

mussumalive: Cacilds! Hoje tem botequis!

FCqualquer: VOTE NO MULTISHOW VOTE NO MULTISHOW MULTISHOW TVZ AHHHHHHH

fã_mala:  ANA CAROLINA LINDA TE AMO AI MEU DEUS
mucoelho:

CARALHO. Cortou meu assunto.

Claro que você vai me dizer: mula, essa é a intenção do Twitter. Mas isso me irrita. E eu não tenho controle sobre meu ódio assim, você que me lê deve saber disso. u.u

Mas enfim, o que me levou a escrever esse post é que, bem. TPM reina, e meu mau humor me domina com força, me segurando com as 4 patas e mordendo minha orelha. Assim sendo, minha vontade normal matutina de mandar alguém se foder logo que acordo, por exemplo, se transforma num ódio mortal de todas as coisas que respiram contrárias a qualquer coisa que eu esteja fazendo. Quer dizer. Normalmente se um corno filho da puta te fecha em plena Av, Roberto Marinho x Santo Amaro às 9h da manhã, você buzina e no máximo abre o vidro e manda ele socar a merda do carro dele no rabo. Mas não. Eu, quando fico nessas épocas de ódio encubado, além de fazer isso e buzinar por 3x mais tempo, depois fico imaginando como seria delicioso pegar a cara do cretino e esfregar no asfalto. Não temam. Pelo menos eu admito.

Agora a pouco eu voltei do almoço, feliz, peguei minha escova de dentes e minha pasta de dentes Oral-B, aprovada por 10 entre 10 dentistas e fui ao banheiro. Estou feliz e contente escovando os dentes com toda a calma do universo olhando no espelho com a cabeça em outro planeta quando uma MULA força a porta. QUE SUSTO! Quase engoli a escova, dei um encontrão na gengiva que ficou doendo depois. CACETE. NÃO TÁ VENDO A PORRA DA LUZ DO BANHEIRO ACESA POR BAIXO DA PORTA!?

Na moral cara, acho isso uma falta de educação TÃO grande que vocês não tem idéia. Eu tenho um cuidado absurdo pra não abrir porta de banheiros sem ter certeza que está vazio. Acho muito chato assustar o coitado que tá lá dentro fazendo seu xixizinho feliz. Porque MEU, não tem COMO não assustar. Imagina? Qualquer um que vai no banheiro fica pensando na morte da bezerra enquanto faz o que quer que seja, inclusive banho e escovar os dentes. Quando alguém força a porta, além do susto do barulho, rola o inconsciente de: MEUDEUSTOPELADO. Mesmo que você não esteja. É muito insuportável isso. Não tolero que forçem a porta do banheiro quando eu tô dentro. Na boa, acho que deviam inventar uma placa, do tipo daquelas de garagem:

ATENÇÃO – BANHEIRO. NÃO TENTE ENTRAR SEM TER CERTEZA QUE ESTÁ LIVRE.

SUA MULA.

Outra coisa que enche meu coração de ódio é quem passeia atrás de mim quando tô no computador e fica olhando pra tela. CARALHO!!!!!!!!! Se eu quisesse compartilhar, eu TE CHAMAVA, E TE MOSTRAVA. Que coisa mais INSUPORTÁVEL, meu Deus! E olha, não importa se é irmão, pai, mãe, chefe, namorado, o papa ou a porra da Shakira Waka Waka cantando IARNUÔU COM VUVUZELAS NO OUVIDO. É FALTA DE EDUCAÇÃO LER AS COISAS DOS OUTROS SEM SER CONVIDADO. E FIM. Vou lá olhar pela janela que fica bem atrás da mesa do chefe enquanto ele passeia pela Internet. RISOS.

Foda.

E o sono? Que quanto mais eu durmo mais parece que minha cama cria braços e me aperta e enfeitiça e não me deixa levantar? Daí eu passo o dia respirando fundo e pensando: o dia vai terminar, vou pra casa, vou tomar banho, vou deitar, ler, dormir. Daí eu chego em casa e meu apartamento tá mais zoneado que o quarto da minha irmã. Nas férias. NO DOMINGO À NOITE.

Nem reflitam sobre.

Vou encerrar esse post que tô começando a ficar com birra dele também.

SENTIDO – NÃO TRABALHAMOS.

Quê?

Um dia pra vadiar!

Feriadinho tranquilo, com direito a cineminha, muuuuito sono e rir até doer a bochecha!

Quinta-feira, entre encontros e desencontros, comidinha japonesa no Shoppig Paulista, 2 cds na Saraiva e correr desesperadamente pela Vergueiro até o Santa Cruz, às 22h, cantando Implicante no último com o amigo mais improvável no banco de trás! Furar fila com cara de cachorro pidão pra comprar o ingresso e voar pro cinema pra assistir 2012 – no degrau. Quer dizer, não sou tão companheira assim. Eles ficaram no degrau, eu escorreguei pra uma única poltrona livre ali pertinho… hehehehe!
Bem, o que falar do filme… Se é bom? Não. Se é ruim? Também não. Mas vale pelas tiradas sarcásticas, os efeitos especiais e todos os clichês do mundo inteiro num filme, como: pai separado, desorganizado e fofo, com problemas com o filhinho mais velho, levando pra acampar. Ex mulher gata que ainda ama o ex marido mas é casada com o médico fodão; o fim do mundo começar nos Estados Unidos, o John Cusack escritor… HAHAHAHAAHAHHA! Mas são 2h30 de diversão. Indico!
Sexta-feira acordei, tipo, 15h. Tem coisa melhor no mundo não, já digo. De noite, jantinha no shopping e cinema de novo – Paranormal Activity.
Tipo. O filme não é exatamente fodão no quesito almas, fantasmas, e essa coisa toda. Mas te deixa numa tensão de doer o pescoço o tempo inteirinho, o que, na minha opinião, já vale o ingresso. Afinal ninguém vai lá assistir um filme desses à meia noite pra ver na tela os Telletubies, né Brasil? Então.
Sábado eu só dormi. À noite eu até me troquei pra sair, mas sinceramente, meu MSN estava mais interessante que a várzea que asamiga se meteram (como hoje eu soube), e acabei foi ficando em casa, torta de rir até de madrugada!
Ontem, mesma coisa. Diferença foi que saí pra comprar umas coisas, incluindo uma visitinha à Cobasi e DELS. DEEEEEEEEEELS! Tinha dois gatos FOFOS pra adoção lá. Irmãos, no melhor estilo vaquinha, igual a Tica. Quase morri! O nome dos fofos? Tico e Teco. NÃO. PARA TUDO. ISSO É DESTINO, GENTE. É DESTINO! Eu tenho uma Tica e uma Teca, eles são Tico e Teco. Shuif! Quis tanto! Mas me diz, Brasil, como vou abrigar mais dois bichos em casa? Diz? Se no meu apartamento, se você entra correndo, cai da sacada? Eu + 4 bichos ia precisar sair no Hall pra trocar de idéia. Sem condições. Shoray. 😦
Falando na Tica, ontem comprei CatNip pra ela, vulgo maconha de gato.
Rapeize.
Se a gata já fica loki das dorgas com Veja, você calcula com maconha. Ela P I R O U! Ficou loucona, rolava no chão, queria comer o azulejo e destroçou o brinquedo novo que dei pra ela em questão de 25 minutos.

Exemplos de gatos lokis com CatNip

E de noite, mesma coisa do resto do feriado todo, né.
Ou seja: definição do feriado – preguiça.
Tem coisa melhor?
Bom, conheço quem me diria que tem… mas deixa esse papo pra lá. Heheheheheehehhee!

 

Essa música aí é do Totonho Villeroy, e não consigo não escutar essa música e sentir uma coisa boa no coração, com uma mistura boa de nostalgia estranha com ansiedade de sei lá o quê…

porta-trecos

Semana agitada.

Ganhar ingresso vip pra comédia stand up contando cantada de pedreiro tosca no twitter; pagar pra ser chamada de ALOKA!*; cineminha pra assistir Distrito 9; muito MUITO trabalho.

Fim de semana digno.

Ir no shopping com a amiga comer porcaria e finalmente comprar meu Adidas Originals, lindão de cano alto¹; assistir 3 episódios seguidos de LW² até 6h da manhã e capotar no sofá; almoçar Doritos; assistir mais LW com a outra amiga via MSN, a tarde toda, e ir comentando cada detalhe; cerveja por horas com mais 10, rindo até chorar; acertar o lado do bolo e realmente achar que o pedido vai se realizar…; assistir Altas Horas com as meninas via MSN e comentar cada detalhe de enrrugadinha de nariz, dancinha de bonecão de Olinda e o tênis moleca do nosso bofinho lindo³, além de secar a bundinha do John *___*; assistir o resto da temporada que falta e acordar feliz amanhã 5h da tarde pra ir no Credicard comprar os ingressos da sexta. \o/

É muito amor no meu coração. 🙂

*Iris, essa foi pra tu! (L)

1. =)

2. Tina e Angelica! *_______*

3. Bofinho, tu tem twitter?

ana2

                                  “ééé…”

Bjs

 

Sexta 13.

Nesse final de semana, eu vou:

  •  Dormir, dormir e dormir
  • Assistir a 7ª temporada de Friends inteirinha. Quem sabe a 8ª.
  • Lavar, hidratar e secar meu cabelo
  • Ficar em casa de bobeira
  • Levar a Teca pra passear
  • Procurar não me entopir de porcarias.

Neste final de semana, eu não vou:

  • Me deprimir por estar completamente sozinha em casa
  • Ficar com raiva de todo mundo que está, neste momento, com o namorado no colo
  • Comer um monte de tranqueiras
  • Gastar dinheiro à tôa
  • Já falei de ficar com raiva de todo mundo que está com o namorado?
  • Ficar com inveja do namorado novo da cunhada que vai estar lá na praia, com a minha Liliquinha

E tenho dito.

 

Bite me, bitch.

Bite me, bitch.

6ª.

Hoje é sexta-feira, e só o fato de amanhã ser sábado me dá uma sensação maravilhosa.

Sábado é dia de dormir muito, de descansar, de ficar de papo pro ar! Dia de ir na 25 procurar uma mala nova decente e uma bolsa preta, dia de comer comida gostosa, de assistir tv, de arranjar algum programa bacana pra fazer com os amigos.

Domingo, pé de cachimbo. Acordar depois das 13h e ir almoçar no shopping. 

Mas não é só a idéia de um final de semana inteirinho, só meu, que me dá essa alegria de viver, não. Hoje é sexta-feira, e sexta-feira é dia do meu rodízio. O que significa que eu posso chegar às 11h da manhã aqui na lavoura. Claro que eu tenho (obrigatoriamente, porque se não me multam na rua) que ficar aqui até as 20h, mas that’s no problem for me! Afinal, o pessoal vai embora lá pelas 18h30 e ficar 1h30 de bobeira na internets é bem lecau. 

Hoje eu estava sonhando que eu estava muito, muito apertada, e ia no banheiro fazer xixi. E EU FAZIA MUITO XIXI, mas a vontade nunca mais passava. Quando eu acordei, eu estava quase chorando de tão apertada. E já eram 10h30 da manhã. (oo) O despertador simplesmente não tocou (ou tocou e eu desliguei, o que provavelmente foi o que aconteceu), e a minha bexiga achou por bem me apertar pra eu não chegar na sensala atrasada. Viu? Até meu rim colabora pra tornar a minha sexta-feira mais feliz. Ele pensa: “vou deixar ela dormir até mais tarde, mas não até tão mais tarde assim”. 

Só tem uma coisa que realmente está me incomodando muito: a faxineira. Ela vai lá amanhã, e ela cobra muitos dinheiros pro meu gosto, sabe. 20 dinheiros a mais do que eu acho certo. Mas ela é daqui da masmorra, e eu caí na anencefalidade de convidar ela pra faxinar lá o cafofo. Agora é foda falar: então amiga, você é careira pra caralho e come tudo a minha comida, então deixa assim: você nunca mais vai lá e eu vou seguir te encontrando todos os dias lá no trabalho tá? Beijonãoliga. Foda. Foda. Meu cu.

Só me resta deixar umas 15 pilhas de roupa pra ela passar e muita louça pra lavar né? Fazer o que. Afinal, hoje é sexta. Dia de ver TV e comer alguma porcaria bem gostosa e ficar feliz. 🙂

\o/

 

Se fodeu.

Se fodeu.

 

 

Vou chamar alguém pra estragar a aparência comigo lá na Chapa. Alguém quer ir?

Deeeep!

Final de semana nerd e sangrento. Aluguei Resident Evil 2 e 3, e Sweeney Todd – O Barbeiro Demoníaco da Rua Fleet.
Bom, o Resident Evil 1 eu tinha assistido no cinema, lá na Terrinha, há uns 6 anos atrás, mais ou menos. Lembro que fui sem óculos (e esqueci de lavá-los na bolsa), e passei o filme espremendo os olhos pra enxergar os cachorros-despedaçados-zumbis do demo tentando comer a galera. Daí passei a sexta buscando algo decente pra ver, e lembrei que uma amiga comentou que os REs não eram de todo ruim… Bom, resolvi dar o braço a torcer (e o bolso a doer), passei na 2001 e aluguei o 2 – Appocalypse. A-do-rei. 90 minutos de ação e zumbis, depois que desliga a TV vc parece que continua ouvindo os bichos gemendo e rastejando querendo carne humana. HAHAHA! Daí sábado aluguei o 3 – O Extermínio. Que no fim não extermina nada, e agora tem que ter o 4! Pelo filme a gente até nota mais ou menos as locações do jogo, e é uma mistura macabra de Tomb Raider. Muito bom.

Aluguei Também o Sweeney Todd, e passei quase 2 horas ouvindo o Johnny Depp cantar e degolar pessoas pra fazer tortas. S-E-N-S-A-C-I-O-N-A-L. Coisa mais linda, adoro todos os papéis que ele faz. Não tem um (unzinho) que eu não digo: Nossa, eu comeria de colher. O escritor bizarro de Janela Secreta, Capitão Jack Sparrow, Rochester, de O Libertino; Willy Wonka, Sweeney Todd e até mesmo o Edward Mãos-de-Tesoura! HAHAHA!
Olha só que demais:

Ao sr. D. – Sim, foi uma vingança. ¬¬


Muris in the air

Acho que posso considerar este blog como uma espécie de sanatório particular. Psicanálise digital. Do tipo: eu reclamo, você lê. =o)

Contando e rodando!

  • 33,583 caídas de para-quedas por aqui...

Twitter

Erro: Assegure-se de que a conta Twitter é pública.

Submarino.com.br

Patrocinado

CDs - Submarino.com.br
julho 2017
S T Q Q S S D
« mar    
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31  

%d blogueiros gostam disto: