Archive for the 'Tristeza minha' Category

Shadow Days

FÁCIL –  O que é fácil: adj. Que se faz sem dificuldade: trabalho fácil. Claro, simples, inteligível.  Aquilo o que não tem sido.

Meu último post aqui neste pseudo confessionário foi há algum tempo. Relendo agora percebo com clareza o quanto as coisas mudam em um prazo de tempo tão (curto? longo?) distante da realidade de hoje. E não que eu seja saudosista, mas às vezes gostaria de ser tão inocente quanto era – se não naquele tempo, antes dele. Gostaria de achar ainda que as pessoas são o que dizem ser, que meus amigos para sempre serão (ou seriam) mesmo eternos, que amores são perfeitos quando amados de verdade, que dinheiro não seria problema de acordo com os planejamentos que – óbvio – se cumprirão.

Não tem sido fácil sentir saudade de pessoas e coisas que eram e não são mais. Querer o que nunca tive, não por opção, mas por me ter sido privado assim, na cara dura. Na sacanagem. Enxergar tudo e todos, sem máscaras, sem ilusões, sem censura, como se a vida fosse uma programação de TV totalmente assustadora, e que fossemos obrigados a assistir a tudo, de preferência sem choro nem drama. Chorar não pega bem e ser dramático, hoje em dia, é cafona.

Os últimos meses foram um compilado de videocassetadas do Faustão feat pegadinhas do Silvio Santos. Foi uma sucessão sem fim de: “Não. Não pode ser verdade.” E te dizer que é foda a vida estar de brinks com a sua cara quando você pede tão pouco dela. Tão fácil. Tão sem drama.

Mas dizem que 2012 foi o fim de uma era energética  e que a partir de 21/12/2012 unicórnios voadores dançariam salsa com pirocas no lugar dos chifres na sexta casa do caralho de Vênus   o planeta ia entrar em outro ritmo. Quero, portanto, crer que todas estas merdas que aconteceram – e vem acontecendo – são resquícios do fim do mundo. Ou pelo menos do mundo que foi o meu. Quero crer que vou voltar a sentir vontade de vir aqui e contar a parte boa da vida, a parte fácil, a parte que, por enquanto, não tem sido. Quero crer que o eixo das coisas vai se ajeitar, cedo ou tarde. Que a porra do unicórnio mágico vai dar um coice nesses lixos todos que estão atulhando meu caminho. Quero crer que vai ficar fácil, ou, pelo menos, sem drama. Quero crer. Preciso.

Porque, cá pra nós, eu ODEIO ser cafona.

 

Anúncios

cê jura, catho?

Pra quem ainda não sabe, estou disponível no mercado de trabalho em busca de novas oportunidades e desafios, a fim de aumentar meu networking e meu campo profissional procurando emprego. Daí que quando você tá procurando emprego, você assina aquela merda da Catho, porque né. Daí de vez em quando te ligam pra entrevistas, e tal. Pois bem.

Sexta-feira passada me ligaram pra um processo seletivo hoje, às 10h. Quando falaram ‘processo seletivo’ eu já deveria ter ficado esperta, porque entrevista é muito diferente de processo seletivo. Processo seletivo envolve a maior palhaçada que esse povo de RH poderia criar na vida DINÂMICA DE GRUPO, RISOS. Mas tá, fui. No caminho, presa no trânsito, eu já fiquei me perguntando por quê diabos eu acordei cedão pra pegar a 23 e a Radial numa segunda-feira pra ir num “processo seletivo” de uma empresa de um ramo nada a ver comigo com um salário xôxo. Quase fiz o retorno e voltei pra casa umas 3x, mas persisti.

Chegando lá, entrei num lugar que parecia um consultório médico mal acabado, e vi dois caras com pranchetas. Pranchetas são mal sinal, significa que você vai ter que preencher um questionário imenso pra saber se você tem cérebro de mico. Um dos caras tava de terno e gravata (oi?!), o outro tava de TÊNIS (OIIIIII???). Ok. Ganhei uma prancheta também e fui fazer minha prova com redação, na RECEPÇÃO SO LUGAR. Tô lá focada no poema que tinha que ler (oiiiiiiiiii????) e chegou uma mulher que tinha um brinco de CLAVE DE SOL (OIIIIIIIIIIIIIIIIIIII???). Depois disso chegou uma de cabelo curto de jeans e moleca no pé, com uma tatuagem horrorosa na costela e uma camisa curta que mistrava a barriga E A TATUAGEM (OIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIII?????????). Daí chegou um negão gordo de CALÇA XADREZ E TENIS NEW BALANCE.

tumblr_lb2sltLgqz1qd6hb7

Nesse momento eu quase pedi se podia ir buscar minha dignidade no carro e me mandar dali.

n22

De coração, fazer entrevista com esse tipo de concorrência não dá.  Mandei um sms pra minha amiga (beijo, @thaisghion) perguntando se era muito HORRÍVEL sair correndo. Mas antes de ela responder, o cara do RH chamou pra ATIVIDADE EM GRUPO.

bete

Eu acho que fazia tempo que eu não queria TANTO morrer. Quando já estava lá dentro, recebi um sms da amiga a respeito de ser horrível ir embora: “Não. É sincero”. Ri sozinha, respondi que já era tarde de mais, guardei o celular e participei da “””””””””””””””atividade”””””””””” em grupo. É. Daquelas com crachá e tudo.

yrt

Descobri que o único cara lá que cursou algo digno de concorrência era o de tênis, o primeiro, da calça não-xadrez. Viúvo, de 38 anos. Ex dono de uma empresa blablabla. Na boa? Um cara de 38 anos disputando COMIGO uma vaga de emprego não merece meu respeito. Com 38 anos eu quero estar ganhando OITO VEZES o que essa vaga pagava, no mínimo. Sério. Fora que certeza que o emprego de merda vai ficar pra dos brincos de clave de sol (oi, gente. oi.), pois além de tia e mala como a empresa, ela ja tinha trabalhado em coisas parecidas com aquilo.

tumblr_lg0duwFUKC1qevrje

Enfim. Quando a tortura dinâmica acabou, me enfiei no carro em menos de 3 minutos e vim embora pensando que se me chamarem pra uma segunda etapa, eu não vou nem atender o telefone. Já no carro, vi 3 SMS da amiga, que me fizeram gargalhar o caminho todo até em casa. Olhem só:

“Hahahahaha eu tava em reunião, pô! SUGESTÃO: zoa a dinâmica e faz tudo errado. Sugestões: fale as hell e fale sobre algum seriado sem parar, use de exemplo em cada frase que você disser, como se algum personagem fosse seu herói de VIDA. Deixa o cel pra tocar que mando 3564837327 msgs barulhentas. Finge que atende e dai fala GRITANDO: o que?! Chegaram os abadás??? Nãããooo acreditooooooo!!! Gente to indo que chegaram os abadás!!! Daí você vai embora cantarolando Ivete. “Acelerae o coração, hoje é dia de ivete!!”

180px-Barril8

~todos chora de rir~

 

Fim.

insira aqui um título para este post

sesame_street

(…)

You got me wrapped around your finger

fingerframe2

Do you have to let it linger?

Linger.

do tanto que ficou por dizer…

iceberg

Te olho nos olhos e você reclama. Desculpa. Eu, que te ensinei quem sou, até onde posso ir pra te resgatar… sem renunciar a mim?

Do muito que eu li e do pouco que eu sei, nada me resta. A não ser…

Dia das Mães

Hoje foi Dia das Mães. E eu fui dormir às 6h da manhã. Perdi o sono. Daí né, acordei 14h, fazer o que? Às 13h minha mãe ligou, e já me deprimi, pois normalmente eu quem teria que ligar pra desejar um ‘ei, feliz dia das mães, mamis!’ . Pior que ela ainda me chamou de preguiçosa e resmunguei um me deixa dormir! Depois me deu remorso. E daí fui sozinha almoçar no shopping, e depois fui sozinha passear pelo shopping, e depois fui sozinha no Extra. Incrível como que para um dia de domingo tudo estava vazio… Deprimente.

Tô deprimida e de mau humor, hoje, se alguém quer saber. Adoro ser só, mas não ter ninguém pra passar um domingo em família numa data comemorativa é uma bosta. Às vezes viver sozinha é uma merda.

Humpf

Vou assistir Supernanny agora pra ver famílias desestruturadas e me sentir menos loser.

Beijonãoliganão, tá? E se você foi um dos afetados pelo meu mau humor, desculpaê.

 

Tchau.


Muris in the air

Acho que posso considerar este blog como uma espécie de sanatório particular. Psicanálise digital. Do tipo: eu reclamo, você lê. =o)

Contando e rodando!

  • 33,690 caídas de para-quedas por aqui...

Twitter

Erro: o Twitter não respondeu. Por favor, aguarde alguns minutos e atualize esta página.

Submarino.com.br

Patrocinado

CDs - Submarino.com.br
setembro 2017
S T Q Q S S D
« mar    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
252627282930  

%d blogueiros gostam disto: