Archive for the 'Música' Category

somewhere only we know

Dias de chuva e frio me lembram músicas que, pra mim, tem cara de dias de chuva e frio.

I came across a fallen tree
I felt the branches of it looking at me
Is this the place we used to love?
Is this the place that I’ve been dreaming of?

tão correto e tão bonito

 

E ainda estou confuso.
Só que agora é diferente:
Estou tão tranquilo
E tão contente.

—–

“Atenção absoluta me proíbe de ver. É a distração que enxerga.”

“Todo mundo quer ser equilibrado, mas o amor é puro desequilíbrio.”

Fabrício Carpinejar

—–

Update importante pra por aqui:

"O Essencial é invisível aos olhos

Meu bem hoje me pede pra apagar a luz… Mas pôs meu frágil coração na cruz do meu medo particular…

Sei lá, com a tua ausência tudo se transformou em caos… mas já são 4 e tal…

O desamparo que não me deixava dormir, as horas passavam por ali e eu já não sabia mais de nada. Respirei mas não adormeci.

Então… No meu externo silêncio e na gritaria que eu guardava, segui meu dia, sem ti e sem nada.

Faltava quase nada para o fim, mas lá vem você na madrugada… Com essa voz dizendo assim (…)

Agora já não lembro nada sobre rostos, letras, semelhanças… Não quero mais saber, não. Mais nada.

A alvorada vem aí… E pensei em quantas vezes fui injustiçada por tentarem buscar explicações para tudo, inclusive para o que se sente. Quer saber? Ainda estou confusa mas agora é diferente, finalmente estou tranqüila e contente!

O que era dor me deixou sorrir, por que abri meu peito e resolvi desatar os nós.”

do blog da Lulu.

Só porque acabei de gongar a Zizi

Acabei de twittar que não gosto da voz da Zizi Possi e que acho que parece a Sandy, mais velha.

Isso tudo porque uma amiga me mandou três músicas do DVD novo da Zizi, as três que a Ana faz participação especial. Eu até acho ela muito afinada, as letras das músicas são muito boas mesmo, e ela canta com emoção. Mas ai, parece MESMO a Sandy, gente. E a voz da Sandy parece o Xororó gay. QUER DIZER. Zizi Possi parece o Xororó gay!! #oremos.

Mas não posso negar que, como disse, as letras são ótimas, e Bom Dia é uma das músicas mais legais e “mulherzinha” da vida. Bom. Eu acho.

Dá play aí:

Um dia quero mudar tudo
No outro eu morro de rir,
Um dia tô cheia de vida
No outro não sei onde ir,
Um dia escapo por pouco
No outro não sei se vou me livrar,
Um dia esqueço de tudo
No outro não posso deixar de lembrar,
Um dia você me maltrata
No outro me faz muito bem,
Um dia eu digo a verdade
No outro não engano ninguém,
Um dia parece que tudo
Tem tudo prá ser o que eu sempre sonhei,
No outro dá tudo errado
E acabo perdendo o que já ganhei
Logo de manhã, bom dia…
Um dia eu sou diferente
No outro sou bem comportada,
Um dia eu durmo até tarde
No outro eu acordo cansada,
Um dia te beijo gostoso
No outro nem vem que eu quero respirar,
Um dia quero mudar tudo no mundo
No outro eu vou devagar,
Um dia penso no futuro
No outro eu deixo prá lá,
Um dia eu acho a saída
No outro eu fico no ar,
Um dia na vida da gente,
Um dia sem nada de mais,
Só sei que eu acordo e gosto da vida
Os dias não são nunca iguais!

Essa música é, pra mim, meio que a versão brasileira de “I’m a Bitch“. Que, aliás, eu ADORO! Então… desculpa, Zizi. Nada contra a sua pessoa. Meu problema é com o seu eu-lírico só, tá?

E, bem, como não poderia deixar passar:

10 de Abril, hein @francorbo?

🙂

Primeiro post do ano

Tá, eu sei que o ano começou ha 13 dias e blablabla, mas ah. Andei ocupada. Só que o post será longo, portanto aviso aos preguiçosos:

SE VOCÊ NÃO QUER LER SOBRE MUITOS FATOS NÃO MUITO INTERESSANTES POR MUITAS LINHAS, FECHE AGORA A ABA DO SEU CHROME.

(sim, pq uma pessoa que ainda usa o Explorer ou aquela porcaria de Mozilla que atualiza 15x por semana não merece o meu respeito)

Vamos lá.

Passei 12 dias em Venceslost, o que não me dá muito assunto pra contar. Primeiro porque choveu TODOS os dias, exceto no primeiro, quando tomei um solão e fiquei 3 dias roxa. Segundo porque mesmo reencontrando primos e mais primos, as novidades são sempre as mesmas do ano anterior, exceto uma criança que tá cada dia mais velha e faz eu me sentir mais idosa a cada ano. Tipos, “eu te vi de fraldas dançando a Dança da Cordinha, Fulana, e você vai fazer quinze anos!”. u.u Terceiro porque um lugar onde você vai tomar sorvete sentado na praça não é lá muito movimentado, né. Mas é bom. Onde mais eu iria conseguir chegar em qualquer lugar em menos de 10 minutos? Ou tomar sorvete recheado por R$1? Ou rir de chorar com pessoas que em 10 minutos fazem parecer que um ano quase todo não passou de algumas horas, e que a amizade será pra sempre, exatamente a mesma? Ou dormir até tarde, acordar e ter almocinho pronto…  colinho de pai e mãe! 🙂

O mais legal foi levar Tica e Teca junto, e ver as duas fazendo a maior amizade com os gatos lá de casa! Tica no último dia tava até rolando no chão limpo com Veja junto com o preto louco. Os dois. Lokis das dorgas.

Bom, mas daí eu voltei de lá de carro, quase 600km sozinha e tal. O detalhe da viagem não foi nem um babaca apostando corrida (sozinho) comigo e ficando puto cada vez que eu mudava de faixa e ficava tipo 40 carros na frente dele, e nem a multa grave por excesso de velocidade que meu pai me ligou hoje orgulhoso e contente pra me contar e dizer que ficaria feliz em pagar e em aceitar como seu o desconto de pontos da carteira (NOT), ou ainda a overdose de todos os meus mp3 over and over again. Não. Nada disso. O detalhe da viagem de volta foi a Tica miando o.tempo.inteiro. Ela miou assim tipo por umas duas horas. SEGUIDAS. Daí tá, resolvi soltar a gata. Soltei. Daí ela saiu, e sumiu. Em 10 min ela apareceu no meu OMBRO, atrás do banco, e soltou um: “miau?” Caralho! Que susto! Daí ela continuou e não parou nunca mais. O engraçado era que cada hora eu ouvia ela miando de um canto do carro, e eu abria a janela nos pedágios com o maior medo de sair um gato voador e pular na cara da moça do caixa. As vezes eu achava que ela estava incomodada com o volume do som e abaixava. Ela ficava muda. Tipo: oO. … MIAU! Foi foda. Fora que depois de 12 dias numa casa gigantesca, ela ficou uns 4 pra acostumar de volta aqui, e o tédio dela era tanto no apertamento que ela faltava só subir no LUSTRE. Reflitam.

Ah, falando em refletir, semana passada fui assistir Avatar. Não, não foi no Imax e sei que você deve estar pensando: “QUEM na face da Terra mora em SP e não vai assistir Avatar no Imax?!” e eu te digo: “Então tenta comprar o ingresso e vou contigo e vejo de novo.” IMPOSSÍVEL, mané. Tudo esgotado, a não ser que você tope sair da zona sul e ir pra zona oeste em pleno domingo 10h da manhã pra ver um filme de 3 horas de duração. Quer dizer.

Então fui ali no Market Place mesmo. E CARA. O filme é muito bom. Vale muito a pena, em todos os sentidos! É de arrepiar, de chorar, de rir… Vale a pena assistir só pelo trabalho todo e paciência de dar inveja a Jó do James Cameron em esperar todos esses anos pra ter uma tecnologia decente pro roteiro maravilhoso dele… Nem vou falar mais nada. Assiste o trailer:

Ah! E quem falar que Avatar é uma mistura de Smurfs com Thundercats toma porrada, ok? Bjocas!

avatar_smurf_heman

 

Falando em tomar porrada… hoje começou o BBB10. Yay! Três meses de pura diversão e adrenalina, onde a galera vai armar altas confusões e grandes aventuras num clima de muita paquera e azaração! ATORON! Ainda por cima essa versão do BBB tem 6 pés no arco-íris. Reflitam! Babado e baphón! Huehueheuheuehuehuehe! Ah, olha que muito bom o BBBizarro do KibeLoco desse ano:

BBBizarro10a1 Uheuehueheuheueheuheueheuheuhe!!! IMPAGÁVEL!!!

E falando em pagar, hoje fui no shopping procurar um presente e acabei comprando uma blusa. Porque né. Vai ter o show no final de semana e tal… Só que tipo. Foi um PARTO achar uma que eu gostasse naquela porra daquele shopping Morumbi. Eu nunca vi tanta loja com tanta coisa que eu não quisesse. Juro! Daí achei uma… só que TIPO ASSIM que tem um CACHORRO desenhado! UHEUEHUEHEUEHUEHEUEHEUHEUEHEUEHUEHU!!!

DORGAS, MANO!!

Não aguentei. Vou vestida de abêia no show. [/interna] – quem não entendeu, clica aqui.

Só que comprar é uma coisa que não se pode começar a fazer… e eu queria outra blusa. Só que se foi um parto achar UMA, onde eu ia achar OUTRA? Resolvi ir na C&A. Entrei e já desisti de blusa. Nada que prestasse… vi umas calças. Cara. Eu nunca vi numeração de roupa tão louca na vida. Uma calça M serve, e uma tipo PMG (para muito gordas) fica apertada. Oi? Pois é. Mas como C&A pra mim tem um histórico Compre & Arrependa, desisti. Vou viajar com as minhas roupas mesmo que eu ganho mais.

Enfim. Não vou ficar aqui falando de como estou empolgada com essa viagem e com estes shows. Nem de como vai ser sensacional passar o meu aniversário no Rio, vendo isso:

de perto, de novo. Nem de como eu já estou quase tendo trigêmeos pelo nariz de ansiedade, e querendo dormir e acordar logo pro tempo passar depressa!

E sabe o que é melhor? Que enquanto não estiver assistindo os shows, vou estar por aqui…

rio-de-janeiro-beach-leblon-1

De sexta a domingo… e daí, na segunda, dia 18… FÉRIAS! E depois de uma semaninha de férias com a amiga querida que vem de Ribeirão pra biscatear por São Paulo… FERIADO EM PLENA SEGUNDA-FEIRA!

Fala sério. Deus é bom. É mulher. E gosta de mim!!!

Agora deixo vocês aí com inveja e vou nessa.

Beijo, putada!

#PAS [/interna2]

Já não tenho dedos pra contar…

Então, daí que eu tenho tanta coisa pra contar aqui nesse blog que eu realmente não sei se a preguiça o trabalho acumulado aqui na senzala empresa vai deixar eu escrever de uma vez, mas vamos tentar.

Bom, dia 27 teve show da Maria Rita no HSBC. Não ia no HSBC desde junho de 2008, quando assisti o primeiro e único show da turnê Dois Quartos da Aninha (nem quero me extender no assunto, pois perdi Credicard Hall em novembro de 2008 por ter ficado doente e isso me angustia até hoje quando vejo o ingresso guardado na gaveta). E posso falar? MUITO BOM. A fofa canta muito, o show é lindo, o cenário é lindo, e ela faz você se sentir dentro do DVD, literalmente. Animada, canta muito, dança muito, faz caras e bocas fofíssimas! Interpreta cada canção de um jeito que só ela sabe! Nas três últimas músicas, e no bis, ela fez todo mundo levantar (eu subi na cadeira bjs) e transformou o HSBC numa roda gigante de samba deliciosa!! SENSACIONAL! Amei muito!

maria-rita-por-marcos-hermes-hg-20091216

Fofa!

PRIMEIRA

Definição em 3 palavras: poxa, que coxa!

Mudando de assunto, gostaria de deixar registrado aqui que nunca uma coisa que tenha me deixado tão mal e tão pra baixo na vida tenha gerado frutos tão legais. E queria deixar registrado também que uma das coisas mais deliciosas do mundo inteiro são amizades novas que se mostram tão boas que a sensação que se tem é que elas existem há tantos anos que você nem consegue contar. Realmente, as pessoas se enfiam no coração da gente quando a gente menos espera. E são as melhores! [/mulherzinha]

Pronto, era só pra não perder o costume e a viadagem. Esperem, meu cabritinho Lilico está pedindo uma amora que guardei no bolso do meu vestidinho de chita com babados.

(…)

Falando em amizade, só digo uma coisa: poucas pessoas me viram tão feliz da minha humilde vida quanto as que estavam ao meu lado na quarta-feira da semana passada. Explico. Sabe quando você quer desesperadamente ir em um lugar, mas não consegue uma única alma das almas bondosas que você conhece pra ir com você? Então. E sabe quando você quer tanto, mas tanto, que está quase indo sozinho, apesar da várzea que é ir sozinho, e daí numa última tentativa você convida a pessoa que você menos esperaria que aceitasse, e a pessoa aceita tão rápido e empolgada que você nem acredita? Então.

DSC05648Ju, EU-TE-AMO!

A alegria de assistir isso:

AO VIVO, mesmo que de longe e da arquibancada, não tem NENHUM preço DO MUNDO que pague!!!!!

E falando em nenhum preço do mundo que pague alguma coisa, esse final de semana fui pra Ribeirão na casa dasamiga. E tipo. Fazia bastante tempo que eu não dormia tão pouco em um fim de semana que tivesse me valido tanto a pena. Porque ficar até 8h da manhã tocando violão, sair e beber tanto a ponto de mandar pro inferno qualquer juízo e nem se arrepender, são coisas que só boa companhia faz por você!

Aliás, falando em boa companhia, algumas pérolas básicas desse final de semana precisam ficar registradas, né Fran?

Pérola #1

Tay tocando violão. Eu cantando. Fran de bode. Fran diz, querendo dar uma de sarcástica:

– Toca uma música de Igreja.

(risadinha do tipo ‘calaboca’)

É. Toca Rosana nas Alturas.

Pérola #2

Tay tocando violão, uma das 19013871239763 músicas sertanejas da pasta dela. Eu cantando. Fran de bode. Eu digo:

– Putz, essas músicas antigas do Bruno e Marrone são lindas, né?

Tay diz:

– São. Ow, eu tenho Bijuteria aqui!

Fran diz:

– Jura?! E você nem me mostrou!!

Pérola #3

Eu, Fran, marido da Fran (cuja identidade será preservada) e Tay na balada.

Chega um cara.

Nossa, umas moças tão lindas, blablablablablabla whiscas sachê blablablablablabla whiscas sachê blablabla qual seu nome?

Eu digo:

Joana.

Ele diz:

Prazer, Joana. E o seu? (pra Tay)

Fran diz:

Ela chama Iracema.

Cara diz:

Nossa… que nome lindo…

Eu digo:

É, e ela chama Ana Rita.

Fran diz:

Ana Rita, Joana, Iracema e a Carolina foi no banheiro!

(risadas histéricas) (cara sem entender lhufas) Ele diz:

Prazer, meninas. Meu nome é José!

Eu digo:

E agora, José!?

Depois dessa o José foi embora.

(pra quem não entendeu, clique aqui.)

Foi muito bom. MUITO! Quero mais e mais e mais! Não vou conseguir esperar até Janeiro. Fato. Ah, se a aquela almofada falasse, hein ô Fran? HAHAHAAHAHAHAHAHAAH!!!

Falando em Janeiro, só quero dizer que meu aniversário de 2010 será o melhor aniversário de todos os tempos. Porque passar 3 dias no Rio com duas das suas melhores amigas do planeta num hotel na Barra de frente pra praia e coroar tudo isso com “o” show do ET – abêia – mais FOFO de todos é coisa que tem nem como dar valor aqui não. Fica assim subentendido como uma idéia que existe na cabeça. Prontofalei.

DSC05650

E é isso. É, até que deu pra falar tudo, mesmo o sinhôzinho chefe por perto!

ps: a música tocando lá em cima é a que marcou o final de semana… 🙂 E essa música aqui de baixo é coisa interna… Quem entender levanta o mouse! \o/°

Beijones [/totonho]

N9ve

Bom, em primeiro lugar explico que o post demorou pra sair por motivo de força maior: preguiça.

Bem, por onde começar?

Sexta-feira, rodízio furado, destino: Blue Tree da Faria Lima. Percurso de 5minutos, demorei quase 50. Ok. Cheguei no hotel. Tá, vamos por partes. Não foi só assim – cheguei no hotel. Não. Eu cheguei no Blue Tree. Chiquérrimo, já veio a mocinha de uniforme abrir a porta pra mim e tals. Beleza.

– Tem bagagem, senhora?

– ….tem.

Abri o porta-malas, peguei uma sacola cheia de roupas, mais duas do Extra. Uma com uma sandália, outra com 10 pares de antenas coloridas. Vocês leram? DO EXTRA. Assim, entrei no saguão do hotel com sacolas. DO EXTRA. Legal. Tá.

Fiz o chek-in.

– Qual o andar?

Nono.

Oi?! Não, pera. OI?! NONO ANDAR? Como assim, Brasil!? Na hora veio na minha cabeça todos os noves de todas as coisas somadas, há meses. Mas beleza, deixei pra lá.

Subi, e faltava a parte principal: as meninas chegarem. Liguei pra elas infinitas vezes, até que elas finalmente chegaram! 20h30. O show era às 22h.

– Oi! Oi! Oi!

COOOOOOOOOOOOOOORRRRRRRRRREEEEEEEEEEEEEEEE!!!

Toma banho – seca cabelo – maquiagem – troca de roupa – arruma mais o cabelo – muda o brinco – pegou tudo? – cadê o cartão do quarto? – Tem que carimbar o estacionamento! Enfim. Saímos do Hotel 21h35. É isso mesmo que vocês ouviram. Agora sabe qual a melhor parte? Estava trânsito. E sabe o que é ainda mais digno? Errei o caminho. Tipo. Ao invés de subir a ponte e crizar a marginal, eu peguei à direita. Sussa assim. QUER DIZER. 22h15 e eu desesperada cantando pneu, perguntando pro tio do Vallet de um restaurante COMODEUSPELOAMORDEDEUSEUCHEGONOCREDICARDHALL.

Bem, muita correria e R$20 pro flanelinha depois, entramos. Deu tempo só de tirar uma foto com Totonho e Barbousa, e anunciaram o show. AÊ ANINHA! VALEU! ESPEROU A GENTE CHEGAR! O show começou 22h45, e… bom. Preciso falar alguma coisa? Se precisa, vou resumir em uma palavra: chorei.

Estréia maravilhosa. MA-RA-VI-LHO-SA. Entrada triunfal. Apareceu por entre as nuvens de um céu azul, cantando. Simples assim. COMOFAS/]

DSC00978

DSC00979

Morri. Morri n9ve vezes! Alacka!

Bem, o show foi todo lindo. Todos os textos, todas as surpresas, todas as mudanças. Todos os sambinhas, o pandeiro, o velho que se faz sempre novo, de novo. Tudo. Uma seleção de não todas as músicas mais queridas, mas das melhores entre as mais queridas. Ou não. É tão difícil selecionar.

DSC01167

O Cristo de Madeira que mudou a levada, com um instrumental de Construção do Chico, no meio.

Falando em misturas, Aninha cantou a famosa Bom dia, da Zizi, além de Odeio, do Caetano, misturada a Eu nunca te amei, idiota!

Já pode gritar?!

Traição no piano. Ah, o piano. Aquele piano… que sob luzes vermelhas apresentou-se, como me foi bem dito, como um clima de “cabaré, fim de noite”. E eis que…

DSC01096

Comassim, Bial?! Cadê a cinta-liga prometida? Ah, e piano não é bem um CANO, mas tudo bem. Desta vez a gente te libera, Souza. *_________*

DSC00992

A música Era, que por si só dispensa comentários. Resta, cantada assim, sem a dupla. Um show dela e apenas dela. Um espetáculo, com uma produção absurdamente linda. Tudo! Até a falha técnica ficou engraçada. Sem contar, clara e obviamente, a versão de Essa Mulher, do Arnaldo Antunes, que na minha opinião deveria se transformar no HINO DA MULHER SOLTEIRA – e feliz! Ou ainda na melhor resposta para se dar aos ex-namorados que não deram assistência…

O melhor é a cara que ela faz! HAHAHAHAHAHAA! Bjs

Sensacional.

Sempre de bom humor, mesmo quando nervosa com algum problema. Aninha, desta vez, fez até chover. Uma cortina de água começou a cair, no meio do palco, enquanto cantava Corredores. Lindo, mesmo.

DSC01108(1)

Não há comentários. Não tem o que se dizer. Mesmo o balde com 6 latinhas de Itaipava custando R$35, o atendimento da casa é muito bom, e não deixa absolutamente nada a desejar, de nenhuma maneira. Os shows foram PERFEITOS!

No sábado ainda, conforme prometido, fomos de anteninhas… Vocês já viram a Souza fantasiada de abelha? Então vejam: antena amarela com terno preto. SÓ FALTARAM AS ASAS!

Coisa fofa!

Como ela pegou e virou, tudo o que consegui registrar foi isso:

DSC01185

HAHAHAHAHAAHAHAHAHAHAHAHAHA!! Diria a Iris:

“Abelhinha, abelhinha, abelhinha, vôou! Pousou na minha mão! E depois…”

Lindo! Tudo lindo! 🙂

Sem contar todas as pérolas, como a Fran cantando o segurança, chamando ele de Cláudia e mandando ele sentar lá. Ou coisas do tipo:

Tay: Ah, não gostei do vídeo. A Ana deveria ter cantado a parte do Joh Legandsswdhdbon.
Eu: Oi? De quem?

Tay: John… Lennond.

Ou ainda:

Fran: blablablabla eu mal falo com ela no Twinter.

Tay e Eu: Onde?

Fran: … No Twinter.

Ou ainda:

Nós: Não, ela não abriu o camarim.

Carol: Afff, vontade de dar um tapa na testa de amolar machado!!

HAHAHAHAHAHAAHAHAHAHAHAHAHAAHAHAAHAHAHAHAHA!! MORRY N9VE VEZES!

O Final de semana foi ótimo. Tirando, claro, contratempos, mau entendidos, decepções que, depois, entendeu-se serem infundadas e algumas lágrimas.

Mas… tudo bem. Tudo faz parte, e tudo passa, até a uva, diria a minha avó. E quem ama, mas ama mesmo, entende de novo, e acredita de novo, e ama cada vez mais. Fazer o quê, né Bial? O coração não cabe em si.

E agora nada mais que um merecido bjomeliga triplo:

DSC00937(1)

Porque eu acho CHIQUE!

Pequena obs: Os vídeos não são meus, pois os meus não ficaram com tanta qualidade. Mas as fotos, sim!

É hora da virada!

Hoje fiz uma coisa que estou ha bem uns 2 meses querendo fazer. Aliás, duas.

A primeira foi como me livrar de pesos e energias invisíveis que estavam me acompanhando, e que não me pertenciam mais. Último elo cortado, cordão umbilical inexistente agora. Achei importante, necessário e inadiável. Agora, estou me sentindo tão mais leve…

A outra coisa foi que fui com uma amiga no shopping Bourbon jantar, e lembrei da pet shop do demo que mantém os cachorrinhos presos no mostruário 24h/dia, 7 dias por semana. Não os devolve pros criadores durante a noite, deixa os bichinhos lá!

As portas já estavam fechadas, mas vi os bichinhos e a mulher no caixa. Perguntei pelo vidro se os animais ficariam ali a noite toda e ela disse que sim. Perguntei se não era uma judiação e ela disse que não, que “os vidros tem furos”. E disse que eles ficam muito estressados de mudar de lugar todos os dias. Perguntei se não é mais estressante pros animais ficarem presos 24h e ela disse que não. Ok. Fotografei os animais presos, fotografei a fachada da loja já fechada, e vou procurar os direitos animais. Aquilo é ilegal. Tão ilegal, que depois que saí, vi ela pegando umas placas e produtos e barrando a vista pra dentro da loja, onde dava pra ver os bichos presos.

VÃO-SE-FODER.

Eu acho é pouco e quero é mais! Que o circo pegue fogo e queime o palhaço! Bando de escrotos. Eu vi bem como os animais ficam “calmos” presos lá, no dia que tinha um cãozinho já rouco de tanto chorar, 1h da manhã, quando eu ia saindo do cinema, preso sozinho lá dentro naquela vitrine. Que absurdo…

Enfim.

Falando em animais, acho importante comunicar que ontem a Tica tomou banho pela primeira vez na vida. E que entre mortos e feridos, um talho no meu braço, outro no dedo do moço e 1h10 minutos depois, ela saiu viva e limpa. Claro que ela teve um choque anaflático nervoso e parecia um fio em curto circuito assim que o secador gigante à vácuo da pet shop foi ligado em cima dela, né Bial. Eu tive que entrar lá pra acudir ela de se enforcar sozinha e o moço de ter um ataque cardíaco de medo daquela jaguatirica assassina de barriga pra cima na mesa dele, rosnando alto e arreganhando os dentes. Mas pobre da Tica. Ela tem medo até quando ligo o aspirador, imaginem um aspirador monstro na cabeça dela? Até eu teria um curto-circuito nervoso…

Falando em curto-circuito nervoso, SEXTA TEM SHOW DA ANA. E sábado. MEU DEUS. MEU DEUS MEU. Jesus, senhor, me acode. Acode a mim, às meninas e ao pacote de antenas que tô levando. Acode senhor os oito ingressos e as duas mesas que nos espera nesse final de semana. Que Souzinha berre bastante, faça seu número de pole dance bem direitinho e nos escute gritar, amém.

Ingressos do show da Ana - MORRI!

Não consigo nem lembrar, me dá nervoso. Oi? Beijos.

E falando em Oi? Beijos… a música ali de cima é de Donana, também. Claro. Música-tema da minha vida nessa semana…

Oi? Beeeeijos!

.risos*

*esse é pra galerë das quebrada que entende de emoticons .lula .shua


Muris in the air

Acho que posso considerar este blog como uma espécie de sanatório particular. Psicanálise digital. Do tipo: eu reclamo, você lê. =o)

Contando e rodando!

  • 33,463 caídas de para-quedas por aqui...

Twitter

Erro: o Twitter não respondeu. Por favor, aguarde alguns minutos e atualize esta página.

Submarino.com.br

Patrocinado

CDs - Submarino.com.br
maio 2017
S T Q Q S S D
« mar    
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031  

%d blogueiros gostam disto: