A arte de morar sozinho

Sim, a arte de morar sozinho, porque morar sozinho é uma arte. É preciso saber todos os seus prós e contras e o desenvolvimento de toda uma técnica pra que você não morra chorando debaixo do chuveiro batendo com a cabeça na parede em desespero eterno. Sério.

Morar sozinho pela primeira vez é como quando você está de férias e a casa fica sendo só sua durante o dia, enquanto seus pais trabalham, sabe? É uma delícia, você se sente livre e feliz e dona da sua rotina… Comigo aconteceu quando entrei pra faculdade. Com 17 anos. E olha, essa alegria todinha sumiu na primeira vez que cheguei da aula morrendo de sono e fome, e o tênis tava jogado exatamente onde eu tinha deixado, com o pijama embolado em cima da cama no meio das cobertas, exatamente do jeito que deixei antes de sair. Tipo. Como assim a cama não se arrumou magicamente e a janela não se abriu sozinha com os passarinhos da Cinderela pra arejar meu quarto? Como assim não tem almoço? O que esse tênis tá fazendo aqui onde eu deixei? E foi-se o encanto.

Eu aprendi que danones, yakults, toddynhos e coca colas não brotam sozinhos na geladeira, e que pro seu arroz ficar comível demora muito tempo. E ele NUNCA vai ter o gosto do arroz da sua mãe, só pra avisar. Aprendi também logo cedo que chuveiro com aquecedor solar em SP non ecxiste, e que chuveiro elétrico queima. E que trocar resistência de chuveiro é a especialidade dos porteiros. Eles também trocam lâmpadas se você ficar na portaria pra eles (eles nunca podem deixar a portaria nem por 5 minutos, a não ser que você se ofereça pra ficar lá pra eles por este tempo). Aprendi também que matar baratas é a pior coisa que um ser humano pode vir a fazer, mas que se faz necessário. – Técnica: despeje na bicha QUALQUER tipo de veneno que tiver na sua casa. Mas despeje INTEIRO. Quando ela estiver zonza, deixe cair um tênis por cima dela e dê chineladas no tênis. Como você vai fazer pra remover o corpo é uma opção sua. – Aprendi também que quando você tá doente, ligar pra sua mãe e ouvir a voz dela de longe só faz você ficar mais carente. E que se você perder a hora, você realmente perde a hora. E chega atrasada. E fim.

Mas isso tudo eu aprendi nos dois primeiros anos de vida só. Depois que se pega a manha, morar sozinho é uma delícia. Morar sozinho significa poder ter seus horários sem depender dos horários de mais ninguém. Significa passar uma semana comendo torrada com tomate e coca cola sem ninguém enchendo o saco. Significa colecionar copos no quarto e na sala, e não ter ninguém que se importe muito com isso. Morar sozinho é entrar e sair de casa quantas vezes e a hora que quiser, com quem quiser, sem se preocupar com absolutamente nada. É convidar quantas pessoas couberem (ou não) pra ficarem na sua casa, e viver dias num albergue, só por que é legal. É poder lavar louça pelada. É dormir de calcinha, sem se preocupar com ninguém. É ficar o domingo todo de ressaca, de pijama, com cabelo Valderrama, sem ninguém te chamando de preguiça. É se especializar na técnica de fazer QUALQUER coisa com creme de leite, carne e molho ficar bom e ter capacidade de chamar isso de strogonoff – e ficar bom! É beber cerveja sozinha e depois dormir 13 horas seguidas. É sair às 9h e voltar ás 2h. Ou não. É levar quem quiser pra casa sem explicações, transar em qualquer canto da casa sem se preocupar com quem vai chegar ou não,  tomar banho de porta aberta. É se pegar batendo um papo cabeça com seu gato, cachorro, iguana de estimação como se ele estivesse de fato prestando atenção e respondendo. É acumular o máximo de meias possíveis antes de ficar descalça e lavar tudo na máquina de uma vez. É acabar os garfos limpos. É só arrumar o quarto quando tem mais tranqueira jogada que oxigênio, e foda-se. É você quem vive nessa zona mesmo! Ou não. Morar sozinho é ir no mercado e comprar flores e plantar no seu canteirinho, enfeitar seu quarto com cheirinhos de pauzinhos, colocar um pinguim de geladeira. É achar um quadro legal, um abajur bacana, comprar mais almofadas vermelhas. É aprender que as vezes chegar do trabalho cansada e ver a cama desarrumada dá mais vontade de dormir de novo, principalmente se tem um gato no meio das cobertas. Morar sozinho é afirmar pro mundo todo que seu bicho de estimação é o mais limpo que existe, porque não sai de dentro de casa. E dormir abraçado com ele pra sempre. É aprender a comprar cenouras e brócolis, e fazer sopa.

Eventualmente você vai ter que dirigir quase morrendo pro hospital, caso ninguém possa te levar. E vai se sentir entediado. E meio carente e sozinho. Mas daí é só pegar o carro e ir prum boteco, ou o telefone e ligar pra ouvir aquela voz gostosa que sabe te acalmar… caso essa voz não esteja já do teu lado/em cima/embaixo. E pronto.

Não abro mão, não. E nem me importo mais com o tênis que agora mora no meio do quarto. Desde que não tenha uma barata embaixo. Ew.                          

Anúncios

8 Responses to “A arte de morar sozinho”


  1. 1 Taynã 17/08/2010 às 00:04

    1 – Para de ser bicha e ter medo de barata.

    2 – “É poder lavar louça pelada. É dormir de calcinha, sem se preocupar com ninguém.” Quer dizer, depois de lavar louça pelada, seria estranho vc ficar preocupada com dormir de calcinha né !?!

    3 – Depois desse post minha vontade de morar sozinha só aumentou.

    4 – Posso morar com vc ?? hehe

    =P

  2. 3 mucoelho 17/08/2010 às 00:06

    Deve! HAHAHAHA!

  3. 4 Iris 17/08/2010 às 00:12

    Cara, só rindo com você. Parece que a gente tá vendo a zona aconchegante do seu lar ao ler esse post. iuehuiehueiheiuhe…

    Amo você e sua bagunça linda SUA LINDEZA!

    (l)

  4. 5 Ivela 17/08/2010 às 00:40

    Eu senti maomeno isso! Ave maria, senti uma solidão danada.. preciso duma pitada do seu salzim!! hehehehe.. ainda bem que tinha o ginossauro e a tina-prin aqui, senao nem sei..
    Mas eu nem conheço sua baguncity, Elinha!
    Mas deve ser bem boa né!
    Convida eu pra comer sopa de brocolis que eu levo umas mandiocas (ja descascadas) do frutiverde e a gente come com pão! rs
    Amo vc, Elementus!

  5. 6 Kiana 17/08/2010 às 02:01

    Muuuuuuuuuuuuuuuuu

    Que post deliciaaaaa!!!!Como vc… rsrsrs (brinks)

    Nossa,qndo falou na parte do albergue hehehe
    Me vi de novo,em seu apto,com tudo revirado do avesso,do avesso,do avesso…espalhado por todos os lados,cheio de pessoas q pra passar de um cômodo pra outro,sabe cmo é ne? rsrs Desbravando kkkkkkkkkk

    Saudades daqueles dias maravilhosos com jeito de aconchego,pq vc Mu,é todo o carinho do mundo inteiro dentro de vc,q nao cabe mais…

    Uma amiga,lindaaaa,como poucas…Um ser humano incrivel e indescritivel!!!

    Ou seja:

    Eu te amo,amiga!!!!

    e Obg por me fazer tão bem e ser tão especial pra mim!!!

    xerãoooooo =***

  6. 7 fran 17/08/2010 às 11:48

    seu quarto todo bagunçado e eu desesperada querendo arrumar tudo, varrendo tudo, em pânico já…..
    me deu desespero em ler tudo isso, juro…
    mas me deu um aperto gigante em saber que quando está mal, eu estou aki tão longe pra amparar vc….

    amo vc demônia

  7. 8 Rih 21/10/2010 às 04:09

    tava pesquisando sobre os custo de morar sozinha e tals sobre os custos mais ou menos neh porq nao se sabe realmente! haha
    e me apaishonei por esse post foi uma descrição delicia e tranquila de morar sozinho, Parabens! um dos melhores post que ja li ^^
    Só aumento minha vontade como disse a moça ali em cima! haha
    e eu imagino que sério quando a solidão aperta é pra isso que existem amigos e namorado tbm neh,tirando o stress de ficar me filas de banco pra pagar contas,em perder a hora em sempre ter q lavar a louça, em ter q limpar as coisas dos animais,das lampadas que queimam,das janelas que nao se abrem sozinhas,das idas diretas a mercearia ou mercadinho comprar coca e das chaves que derrepente somem e por mais que as procure sempre tem que tirar mais copias,morar sozinha é uma das melhores coisas do mundo!! concordo plenamente!


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




Muris in the air

Acho que posso considerar este blog como uma espécie de sanatório particular. Psicanálise digital. Do tipo: eu reclamo, você lê. =o)

Contando e rodando!

  • 33,736 caídas de para-quedas por aqui...

Twitter

Erro: o Twitter não respondeu. Por favor, aguarde alguns minutos e atualize esta página.

Submarino.com.br

Patrocinado

CDs - Submarino.com.br
agosto 2010
S T Q Q S S D
« jul   set »
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031  

%d blogueiros gostam disto: