Tristeza, dor, choque. Não dá pra explicar como uma coisa tão horrível assim é permitida. A gente tenta colocar a culpa em alguém, mas provavelmente ou os culpados nunca vão aparecer, ou vão ser os coitados mortos que não podem se defender.
Dizer que Deus é injusto é absurdo. Injusto é o país. É o Brasil. Que elegeu o governo que temos, que transformou a aeronáutica na merda que é.
Ou não.
Na verdade, quando temos que morrer, tanto faz um avião que derrapa e explode, uma picada de mosquito da dengue ou um escorregão de cabeça na quina da pia. Só o que eu peço é que a família inconformada de todos que morreram também entendam isso, e consigam sofrer um pouco menos. Peço também que tudo dê certo sexta, e que meu vôo pra (sim) Porto Alegre não atrase (muito). Talvez por sair de Guarulhos, não aconteça nada de ruim.
Fica aqui, por fim, o meu respeito. Eu nunca vi uma coisa tão triste assim, tão de perto.
Anúncios

0 Responses to “…”



  1. Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




Muris in the air

Acho que posso considerar este blog como uma espécie de sanatório particular. Psicanálise digital. Do tipo: eu reclamo, você lê. =o)

Contando e rodando!

  • 33,458 caídas de para-quedas por aqui...

Twitter

Erro: Assegure-se de que a conta Twitter é pública.

Submarino.com.br

Patrocinado

CDs - Submarino.com.br
julho 2007
S T Q Q S S D
    ago »
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031  

%d blogueiros gostam disto: